Adesaf lança relatório inédito sobre os resultados do De Braços Abertos

0

A Associação de Desenvolvimento Econômico e Social às Famílias (Adesaf), que desde outubro de 2014 faz a gestão, no âmbito do trabalho, do programa De Braços Abertos, lança na próxima quarta-feira (22), às 14 horas, o relatório Crack e outras drogas: o ineditismo e os resultados da política de redução de danos em São Paulo (SP). O evento, que deve reunir autoridades municipais, estaduais e federais, bem como a comunidade acadêmica e a sociedade civil organizada, acontece na Fundação Nacional de Artes – Funarte (Alameda Nothmann, 1.058, Campos Elíseos, São Paulo/SP). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em www.adesaf.org.br/evento.

Neste dia, serão abordados os resultados de empregabilidade, geração de renda, processo de redução de danos e ressignificação da vida por meio do trabalho para usuários crônicos de substâncias psicoativas, além de as dificuldades de acesso deste público ao emprego formal.

“Vamos apresentar a verdade sobre os resultados – quantitativos e qualitativos, diretos e indiretos – do De Braços Abertos. Um programa que é referência internacional e que, muitas vezes, por falta de informação, foi discriminado e mal visto por boa parte da sociedade. Em nosso País, a epidemia de uso de drogas é efeito do grave contexto social em que vivemos. É preciso entender melhor o processo de redução de danos dessas pessoas, sem preconceitos e julgamentos”, explica a diretora-presidente da Adesaf, Fernanda Gouveia.

Participações

Entre as presenças confirmadas estão representantes do Governo do Estado de São Paulo, da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São Paulo, do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas e Álcool (Comuda), das secretarias municipais de Saúde e de Assistência e Desenvolvimento Social (representando o prefeito João Doria) e do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Representantes de iniciativas de redução de danos, desenvolvidas em outros estados, também participam do encontro, como o projeto Convivências na Flávia Farnese 500, realizado pela organização da sociedade civil Redes da Maré. Com apoio da Open Society Foundations, entidade internacional voltada à justiça social, o projeto atua no território da Maré, considerado o maior conjunto de favelas do Rio de Janeiro (RJ).

Lançamento

A programação também conta com o lançamento da versão digital, em português, do livro Cracolândia: Território do Abraço. De 192 páginas, a obra reúne falas de gestores públicos, de colaboradores da Adesaf e, principalmente, do dia a dia dos mais de 400 beneficiários do programa. Desenvolvido por dois anos, a publicação retrata o contexto sócio-histórico do bairro Campos Elíseos (onde está localizada a Cracolândia) e das drogas, o início do De Braços Abertos e, consecutivamente, a atuação da Adesaf. Além de entrevistas, o livro tem como base dezenas de pesquisas acadêmicas e de reportagens.

Sobre a Adesaf

A Adesaf é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), que, há mais de 3 anos, tem convênio com a Secretaria Municipal do Trabalho e Empreendedorismo (SMTE) para realizar a gestão do De Braços Abertos / Programa Operação Trabalho (POT), que beneficia centenas de pessoas que, antes, viviam na região conhecida como Cracolândia, na condição de uso abusivo de substâncias psicoativas e em situação de rua. São pessoas que tiveram seus vínculos afetivos restabelecidos, pois recebem a oportunidade de viver, novamente, uma vida como cidadãos paulistanos, com direito à moradia digna, à alimentação balanceada, ao trabalho e à qualificação profissional.

Print Friendly, PDF & Email
Mais
Compartilhe

Sobre o Autor

Envie um comentário

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.