Coronavírus: nota sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro

0

A Associação de Desenvolvimento Econômico e Social às Famílias (Adesaf) repudia o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, que ocorreu na noite de terça-feira (24), em cadeia nacional, quando pediu a “volta à normalidade” e criticou o isolamento domiciliar, medida recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo próprio Ministério da Saúde para prevenção contra o coronavírus (covid-19).

Bolsonaro concedeu declarações irresponsáveis, inconsequentes e até homicidas. Ao invés de sentenciar à morte a vida de brasileiros, principalmente os que estão no grupo de risco da doença, para não afetar ainda mais a estabilidade de seu governo, Bolsonaro deveria, como chefe de estado, apresentar à sociedade ações efetivas e estratégicas, como as de manutenção da economia do País durante esta pandemia. Mas preferiu chamar a covid-19 de “resfriadinho” e “gripezinha”.

Isso mostra que Bolsonaro não está à altura do cargo que ocupa. O Brasil precisa de uma liderança séria, humana, equilibrada e comprometida com a vida e a saúde de todos os brasileiros para conseguir atravessar mais essa crise.

A vida de cada brasileiro vale muito! Por isso, não quebre a quarentena e fique em casa para evitar que o vírus circule e contamine mais pessoas. Esta é a orientação dos cientistas, médicos especialistas e dos órgãos oficiais de saúde, nacionais e internacionais. E é a determinação que todos devem seguir. Pelo nosso bem!

Print Friendly, PDF & Email
Mais
Compartilhe

Sobre o Autor

Envie um comentário

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support