Search

Adesaf entrega mais mil máscaras de TNT para força-tarefa em SV

Mil máscaras vão reforçar o trabalho da Força-Tarefa Vicentina, que está atuando para orientar os munícipes sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar a disseminação da covid-19 (coronavírus). As proteções faciais foram entregues nesta quarta-feira (20) à Prefeitura de São Vicente.

Confeccionadas por três costureiras da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Vicente (APAE-SV), logo após serem apresentadas ao prefeito Pedro Gouvêa as máscaras foram repassadas à Secretaria de Comércio, Indústria e Negócios Portuários (Secinp).

Coordenadora da Força Tarefa, juntamente com outras secretarias municipais, Subprefeitura e Zeladoria Municipal, a Secinp mobiliza 106 colaboradores na ação. Durante o trabalho, realizado nas áreas Insular e Continental, os agentes abordam pessoas que estejam em locais públicos, com o objetivo de conscientizá-las sobre a importância e a necessidade do isolamento social.

“Este é um reforço que chega em boa hora. Nossos agentes estão reforçando a mensagem de que, neste momento, as pessoas devem ficar em casa, saindo apenas quando for realmente necessário e com máscaras protetoras. Por isso, no trabalho em campo, eles também oferecerão as proteções faciais àqueles que ainda não aderiram ao uso do equipamento”, destacou o titular da Secinp, Paulo Roberto Duarte Bonavides.

Parceria – Produzidas em mais uma ação humanitária, por meio da parceria entre Prefeitura de São Vicente, Associação de Desenvolvimento Econômico e Social às Famílias (Adesaf) e APAE-SV, as máscaras atendem às recomendações do Ministério da Saúde, quanto à forma de confecção e aos critérios de segurança. Elas vêm em um kit com duas unidades.       

“A confecção é tranquila e gratificante, pois há um motivo nobre no ato, que é o de ajudar na luta contra a pandemia”, lembrou a representante da APAE-SV, Sheila Duarte Sato Gonçalves. Além das costureiras, a Organização Social disponibilizou o material para a produção das máscaras, que custaram R$ 1, 00 cada. A renda foi dividida entre duas costureiras e a APAE-SV.

Para a presidente da Adesaf, Fernanda Gouveia, esta é mais uma missão cumprida. “Temos o prazer de comemorar mais uma parceria iluminada pela união. O que nos emociona é a possibilidade de ajudar neste momento. E isso se estende a quem não aderiu ao uso ou não tem uma máscara; a quem ajudou a produzir o material, pois contará com uma renda extra neste período difícil e à APAE-SV”, comemorou.

Feliz com mais um excelente resultado, possível graças à parceria, o prefeito Pedro Gouvêa enalteceu o esforço de todos. “Este é mais um momento em que a união superou todos os obstáculos impostos por esta pandemia. Não tenho dúvidas de que vamos vencer a covid-19 com o esforço conjunto e com todos unidos”, comentou.

Mais máscaras – Na semana passada, outras três mil máscaras haviam sido entregues ao Fundo Social de Solidariedade de São Vicente (FSSSV), por meio da parceria entre Prefeitura, Rotary Club de São Vicente e Adesaf. Esse material está sendo entregue a pessoas assistidas pelas secretarias de Saúde (Sesau) e Assistência Social (Seas).

 

Texto: Seicom / PMSV

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts recentes

Esperança para o autismo

Parece estranhamente surpreendente como a história, mais cedo ou mais tarde, apresenta-nos verdades que outrora eram refutadas ou inaceitáveis em determinados períodos históricos, como a

VER MAIS »