Search

Amor Aqui: Adesaf forma agentes redutores de danos

A Associação de Desenvolvimento Econômico e Social às Famílias (Adesaf) realizou, nesta quinta-feira (17), a formatura dos agentes multiplicadores de estratégias de redução de danos para o combate ao coronavírus (covid-19). Os formandos, que estão em Serviços de Acolhimento Institucional de São Vicente, integram o projeto Amor Aqui, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Alexandre Padilha.

De acordo com a diretora-presidente da Adesaf, Fernanda Gouveia, o objetivo da iniciativa é implementar essa estratégia de saúde pública para o fortalecimento das medidas de prevenção, com foco nas pessoas em situação de alta vulnerabilidade social.

“Foram seis meses de muito trabalho, respeito e aproximação com cada um dos participantes. Hoje, a gente se emociona com o resultado tão positivo: eles saem daqui com mais conhecimento e a responsabilidade de compartilhar esses cuidados”, comenta Fernanda.

Há quase 20 anos, a Adesaf acredita na estratégia de redução de danos como forma de mitigar as consequências do uso abusivo de substâncias psicoativas.

O formando e orador da turma, Fabrício Magalhães, de 34 anos, destaca o aprendizado recebido neste processo. “O projeto foi tão importante para mim, que eu mudei o meu jeito de ser. Aprendi muito, principalmente com meus amigos.” A tia dele, Gerucina Magalhães, também um ressalta a importância da iniciativa. “A partir de agora, ele recomeça a vida dele”.

Amor Aqui: A escolha do nome não foi por acaso. Lembrá-los de que pertencem a algo e que estão de fato acolhidos, fortalecendo os vínculos entre a equipe da Adesaf e os participantes da iniciativa. Os principais assuntos abordados durante encontros, oficinas e atividades do projeto foram drogas e sociedade, políticas de saúde mental e direitos humanos, atenção psicossocial e cuidado, acesso e vinculação do usuário de drogas aos serviços, redução de danos e saúde mental, redução de danos como estratégia de combate à covid-19 e recursos e estratégias do cuidado.

Confira mais fotos acessando a nossa página no Facebook

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts recentes

Esperança para o autismo

Parece estranhamente surpreendente como a história, mais cedo ou mais tarde, apresenta-nos verdades que outrora eram refutadas ou inaceitáveis em determinados períodos históricos, como a

VER MAIS »