Search

Grupo de teatro da Adesaf participa do Fescete

O grupo de teatro Ribart Adesaf, criado durante o projeto Cultura Dá Vida, vai se apresentar nesta quarta-feira (24/6), a partir das 19 horas, no Teatro Coliseu, durante as mostras competitivas do 19º Festival de Cenas Teatrais (Fescete).

A equipe, composta por 16 alunos com idades entre 10 e 57 anos, foi formada há quatro meses, quando começaram a ensaiar a peça Lampião e Maria Bonita no Reino Divino, cuja direção e adaptação do texto são da arte-educadora Sirlene França.

“A ideia é incentivar o gosto pela arte, pela interpretação. Queremos que os alunos conheçam a magia do teatro”, explica Sirlene sobre o objetivo de integrar crianças e adultos na montagem. Oitenta por cento dos participantes vão pisar no palco pela primeira vez.

Neuza Caetano Trenahi, de 57 anos, faz parte desse grupo de iniciantes. “Vai ser a minha estreia. Vou dar o melhor de mim quando estiver em cena. Estou muito ansiosa”, comenta. Na peça, ela será a contadora de histórias.

Já Wemerson da Silva, de 26 anos, encena há 10. Ele busca seu aperfeiçoamento e mais experiência para conseguir o registro de ator. “Teatro é a minha vida. Depois que comecei a fazer, facilitou muito a minha comunicação e me ajudou a compreender mais as pessoas, pois, quando interpretamos, também vivemos as sensações”, explica. No espetáculo, Silva dará vida a Mansidão, o amigo de Lampião.

Serviço: A peça Lampião e Maria Bonita no Reino Divino será apresentada nesta quarta-feira (24/6), a partir das 19 horas, no Teatro Coliseu. Os ingressos, que custam R$ 10,00, são vendidos na bilheteria do local (Rua Amador Bueno, 237, Centro de Santos).

O projeto Cultura Dá Vida é realizado pela Associação de Desenvolvimento Econômico e Social às Famílias (Adesaf) e conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts recentes

Esperança para o autismo

Parece estranhamente surpreendente como a história, mais cedo ou mais tarde, apresenta-nos verdades que outrora eram refutadas ou inaceitáveis em determinados períodos históricos, como a

VER MAIS »