Search

Núcleo de Atenção à Saúde e Cuidados Integrativos (NASCI) é inaugurado em 1º de abril

O Instituto Articulação de Tecnologias Sociais e Ações Formativas (Adesaf) inaugura o Núcleo de Atenção à Saúde e Cuidados Integrativos (NASCI), serviço integrado inédito no Estado, no dia 1º de abril, às 14 horas, na Rua Guarany, 70, Parque São Vicente, São Vicente/SP. O evento, que também celebra os 22 anos de fundação da instituição, contará com a presença de diversas autoridades, entre elas o ministro de Estado de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

O NASCI vem fortalecer as iniciativas da instituição e, principalmente, ofertar gratuitamente à população mais vulnerável a consulta, o tratamento e o remédio à base da planta Cannabis, doado, nesta primeira fase, pela Koba, empresa que atua nacional e internacionalmente no setor. O objetivo é oferecer qualidade de vida a quem mais precisa de saúde e bem-estar.

Para o médico psiquiatra Flávio Falcone, referência nacional e internacional em assuntos relacionados à Cannabis medicinal, e membro do Núcleo de Políticas e Ações sobre Drogas (Nupad) do Instituto Adesaf, o NASCI vai “socializar o acesso a esse tratamento (à base da planta), que já é uma realidade para pessoas que têm condições de custeá-lo. Agora, por meio desse equipamento, pessoas de baixa renda também terão acesso”, destaca.

Segundo a diretora-presidente do Instituto Adesaf, além de oferecer todo esse tratamento gratuito a pessoas em situação de risco ou vulnerabilidade social, o NASCI também ofertará outras Práticas Integrativas e Complementares (PICs), que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças, como depressão e hipertensão. Em alguns casos, também podem ser usadas como tratamentos paliativos em doenças crônicas. Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de PICs à população.

“O Instituto é atuante na pauta de Redução de Danos voltada a pessoas que fazem uso de substâncias psicoativas. O NASCI também vai atender a esse público por meio das PICs e da Cannabis medicinal”, reforça a diretora-presidente do Instituto Adesaf, Fernanda Gouveia.

A partir da inauguração do NASCI, já haverá formação de rodas de terapia comunitária no local. “Vamos aumentar essas PICs, gradativamente, a partir da captação de novos recursos e do fortalecimento dessas ações juntamente com a comunidade”, finaliza Fernanda.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts recentes

Esperança para o autismo

Parece estranhamente surpreendente como a história, mais cedo ou mais tarde, apresenta-nos verdades que outrora eram refutadas ou inaceitáveis em determinados períodos históricos, como a

VER MAIS »