Search

Mês da Consciência Negra tem programação especial no Cia Jovem

Quase metade dos negros no Brasil trabalha na informalidade, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nas maiores empresas, ocupam 4,7% dos quadros executivos, 6,3% dos postos de gerência e são apenas 28,8% dos estagiários.

Para estimular ainda mais reflexões e ações durante este mês que marca diversas iniciativas para lembrar e destacar a luta dos negros contra a discriminação racial e a desigualdade social, começou nesta quinta-feira (7) o Juventude Negra – existo porque resisto! Atividade voltada a alunos do INICIA e a aprendizes do Cia Jovem.

Na abertura, teve bate-papo sobre A defesa dos direitos humanos frente à violência de Estado, com a assistente social e pós-graduada em Educação em Direitos Humanos, Valéria de Oliveira.

 

A programação segue até o fim de novembro, com encontros semanais e a participação de especialistas e ativistas. Confira:

 

14 de novembro

9 horas – Roda de conversa “África e Brasil: história, cultura e identidade”. Convidado: Mary Francisca do Careno, graduada em Letras, Pedagogia e Ciências Sociais. É mestre em Língua Portuguesa, pela PUC/SP; e em Educação pela Universidade Católica de Santos (UniSantos). Também é doutora em Linguística pela UNESP.

22 de novembro

9 horas – Roda de conversa “Rap é Escola”. Convidado: Alex Potência, rapper, arte-educador, administrador e produtor cultural.

29 de novembro

9 horas – Roda de conversa “Desconstruindo o Racismo?”. Convidado: Renato Azevedo, advogado e produtor cultural. 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Posts recentes

Esperança para o autismo

Parece estranhamente surpreendente como a história, mais cedo ou mais tarde, apresenta-nos verdades que outrora eram refutadas ou inaceitáveis em determinados períodos históricos, como a

VER MAIS »